Make your own free website on Tripod.com








marchetariafreitas.jpg

Trabalhos de Alunos














Página Principal | Peças Torneadas | Fotos | Fotos2 | Fotos3 | Fotos 4 | Trabalhos de Alunos | Curso/Contato





erli.jpg

Erli   (Londrina/Pr)

tabuleiro3.jpg

Trabalho realizado por Erli

portajoias.jpg

Trabalho realizado por Erli

portavinho.jpg

Trabalho realizado por Erli

portaretrato.jpg

Trabalho realizado por Erli

portabaralho.jpg

Trabalho realizado por Erli

Waldir

waldir002.jpg

O Waldir é um profissional na área de
marcenaria e agora também marcheteiro,
tendo concluido o curso com grande secesso.
Pessoas que se interessar pelos seus
serviços poderão contatá-lo no seguinte endereço:
- Rua Ilha de Marajó, 499 -
Vila Maria Angélica
Bairro Pinheirinho - Curitiba Pr
Fones:
(41) 3349-7628  Cel. (41) 9238-2366
 
VEJA ABAIXO SEUS TRABALHOS

vaildir015.jpg

Trabalho do Waldir

waldir016.jpg

Trabalho do Waldir

waldir006.jpg

Trabalho do Waldir

waldir017.jpg

Trabalhos do Wardir

waldir008.jpg

Trabalho do Waldir

waldir009.jpg

Trabalho do Waldir

waldir004.jpg

Trabalho do Waldir

waldir010.jpg

Trabalho do Waldir

waldir005.jpg

Trabalho do Waldir

.
















Origens e História da Marchetaria

Marchetaria é a arte de decorar, encaixando lâminas ou pedaços de madeira das mais variadas cores, entre outros materiais, decorando de forma artística os exteriores de peças, às vezes entremeando com ouro, marfim, osso, etc., para coletivamente formar um quadro ou projeto.

A prática da Marchetaria data de aproximadamente 3000 anos atrás, desde a época dos Egípcios. Caixas de alto requinte, painéis e mobílias decorativas enriqueceram os projetos nos palácios e templos da época. Confeccionados em madeiras coloridos, muitas dessas peças foram deixados nas pirâmides.
Outros exemplares de marchetaria apareceram na Ásia Menor em torno de 350 A.C., cujas peças foram desenvolvidas em mármore.

Por simples definição, a arte da marchetaria consiste em envolver uma determinada área com pequenos pedaços de madeira coloridas de diferentes tipos que após cortadas, são devidamente embutidas ou coladas lado a lado, posteriormente recebendo um acabamento.

O termo marchetaria refere-se cortar, encaixar e colar, especialmente pedaços ou lâminas de madeiras sobre uma superfície sólida, para então, montar um projeto decorativo de acordo com as tendências próprias do artesão.

Depois da queda do Império Romano, poucas oficinas sobreviveram em Itália. Nos séculos 14 e 15 foram criadas algumas escolas de marchetaria na cidade de Florença, cujo exterior das peças eram moldados com o formão.

A partir dos séculos 17 e 18, iniciou-se por toda a Europa a preocupação dos artesões em melhorar seus métodos para a fabricação e desenvolvimento de peças dessa refinada arte. Nessa época, deu-se início aos projetos mais delicados, complexos e sobretudo técnicos, iniciando assim, um verdadeiro renascimento da marchetaria.

Com o passar dos anos, a prática da marchetaria como hobby tem crescido no mundo de forma surpreendente.

Nestas últimas quatro décadas, especificamente nos países da Inglaterra, Holanda, Espanha, Itália, Alemanha e algumas regiões da antiga União Soviética, tem-se havido um empenho muito grande em aumentar a popularidade da marchetaria, onde criou-se sociedades de profissionais em marchetaria a fim de difundir essa arte para o resto do mundo.

Recentemente essa arte foi introduzida também nos Estados Unidos, Canadá e Austrália, onde, a exemplo dos países europeus, estes também formaram as suas sociedades.